Sinto muito por ter sido tão pouco


Era só mais uma Quinta-Feira chuvosa, e aí eu que sou pouco desastrada me esbarrei em nossa foto que até hoje eu não tive coragem de me desfazer, ainda estava na estante do meu quarto, toda empoeirada. Sabe, desde que você foi embora, procuro me ocupar com outras coisas, trabalhos da faculdade, horas extras no trabalho, até happy hour com as minhas amigas do ensino médio eu fui. É, eu estava fugindo de me sentir como estou me sentindo agora. Sozinha e com saudade de nós.

Eu realmente sinto muito por ter sido tão pouco. Por ter dado mais atenção ao trabalho, do que pra você. Por ter ido tão pouco ao cinema com você, por ter sido tão ausente nos seus projetos. Nessa foto, estávamos em nossa primeira viagem juntos, e ao invés de estarmos lá fora conhecendo a cidade, preferimos ficar juntos e conhecer ainda mais um ao outro. Me vem tantas memórias, sabe? Que até parece que estou vivendo tudo de novo. Eu não vou mentir, eu sinto a sua falta. Falta do que vivemos e também do que não vivemos. Eu sei que você está bem, você sempre está bem, sei que está feliz, trabalhando em seus projetos, sei que não precisa de mim, mas eu não vou mentir, eu queria que precisasse. Eu queria que não tivesse ido embora. Você disse que seria melhor assim, mas eu não consigo imaginar uma vida melhor sem você.  

Mas dizem que quando a gente ama alguém de verdade, a gente deixa livre, quem ama não aprisiona. 

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.