A dor que você não vê, mas eu sinto. A doença da Lady Gaga. Essa é a fibromialgia, e com ela vem a incompreensão e a solidão.

Só quem tem essa doença e todos os sintomas sabe realmente como é viver desta forma, dores agudas e difusas em todo o corpo, espasmos musculares, formigamento e dormência em vários locais do corpo, coceiras no corpo todo, sensibilidade, rigidez. Fadiga, mal estar, tonturas, cansaço excessivo. Constipação, enjoos, diarreia e intestino preso. Enxaqueca, problemas com memória e esquecimento, ansiedade, depressão, insônia e/ou excesso de sono. E pode causar problemas e desconfortos oculares. Todos esses sintomas juntos, de uma só vez.


É tão triste e doloroso ver que as pessoas que amamos e que estão por perto duvidam, dizem que é exagero, que precisamos ser mais fortes, que queremos estar assim e chamar atenção. Toda essa incompreensão dói. Ajudar, estar do lado, ninguém se disponibiliza, nem que seja com a sua atenção e compreensão.


Essa doença leva o melhor da gente, nos transforma em alguém que jamais queríamos ser, você tem certeza que alguém que tem tantos sonhos iria querer ter a vida praticamente interrompida?! Não conseguir cuidar própria da casa, não conseguir se quer cozinhar a própria comida, não conseguir cumprir compromissos, não conseguir ser uma pessoa normal e saudável. Eu jamais desejaria isso! Dizem que a fibromialgia não mata, mas isso não é verdade, ela mata aos poucos, e infelizmente ninguém se importa, ao menos que sinta o mesmo..

“Para qualquer pessoa que não acredita em fibromialgia: eu te desafio a passar cinco minutos em meu corpo em um dia em que estou com dor e depois tentar dizer algo de novo” - LADY GAGA.