imagem unsplash
Dizem que ansiedade, depressão e síndrome do panico são as doenças da atualidade, se você não tem, provavelmente conhece pelo menos alguém que tenha. Elas atrapalham relações sociais e a rotina do dia a dia. Lembrando que quando chega nesse nível é importante procurar ajuda profissional de psicólogos e/ou psiquiatras. Esse texto aborda algumas maneiras de lidar com as pessoas que você ama que sofrem de ansiedade. 

Eles preferem que você se mantenha próximo
As vezes pode parecer que não, mas geralmente o que alguém com ansiedade menos quer é ficar sozinho, a sensação de abandono assusta e faz com que pensem o tempo todo que fizeram algo de ruim para merecerem ficar sozinhos, eles apreciam a sua companhia, por mais que as vezes não pareça. 

Dificuldades com mudanças
Vamos combinar que a zona de conforto é um lugar muito legal e confortável, não é mesmo? Sair da zona de conforto é difícil e um tanto quanto aterrorizante para qualquer um, quem dirá para quem tem problemas com ansiedade, isso torna ainda mais difícil e aterrorizador. Tenha mais paciência com essas pessoas. Elas estão dando seu melhor.

Eles são muito mais que a sua ansiedade
Lembre-se que somos muito mais do que qualquer doença, seja física ou psicológica. Reconheça que assim como todos essas pessoas também tem muito mais a oferecer. Quando parecer difícil demais lidar com essas pessoas, pare por um momento e faça uma lista de coisas para se apreciar na mesma, e assim irá ver o quanto a ansiedade é pequena perto de tudo que aquela pessoa é. 

Não é somente psicológico, também é físico -
Ansiedade é muito mais que se preocupar com algo ou alguém, também é falta de ar, insônia, náuseas, tremedeiras, dor no peito e uma dor de cabeça horrível que parece nunca ir embora. É uma enorme e assustadora sensação iminente de morte, na maioria das vezes, todos os dias. Então tente entender quando disserem que não estão bem, é porque realmente não estão. Procure uma forma de ajudar, de mostrar que essa pessoa tem com quem contar. 

É temer todos os dias pelo o que pode acontecer em um futuro próximo - 
É ter medos irracionais, acreditar que o pior está sempre por vir. É viver no limite e se culpar por tudo e qualquer coisa que acontecer.  É o medo de sair na rua e ser assaltado, é um filme de terror cheio de possibilidades que passa na cabeça em cada situação, sendo ela boa ou ruim. Se você ama alguém com ansiedade, tente sempre tranquilizar essa pessoa, e entender que não é frescura. 

Sensação de abandono e inferioridade
Complexo de inferioridade é só mais um dos sintomas de ter ansiedade. A sensação que a qualquer momento pode ser abandonado pelas pessoas que mais ama é assustador. É um medo de fracassar exagerado a todo momento e a busca incansável por perfeição. E então se punir quando você falha. É se afastar de todos e aceitar que talvez seja mais fácil estar sozinho. Mas não os deixe sozinhos, se esforce para mostrar o porque ainda está ao seu lado.

Dê valor a essas pessoas, elas são incríveis, e o que elas mais fazem é se importar o tempo todo. Seja a diferença na vida delas, procure entender e ajudar como puder ao invés de julgar.