O que aconteceu comigo

9 de setembro de 2017

Ψ
Quem acompanha o blog, talvez tenha percebido que faz alguns meses que não posto regularmente aqui e nas outras redes sociais, como faço isso sozinha e aconteceu tantas coisas que me fizeram deixar um pouco de lado tudo que amo fazer, estou voltando aos poucos, e com isso pensei em contar para vocês algumas das coisas que aconteceram comigo nesses últimos meses.

1 - Quem me conhece ou lê meu blog, sabe que estou no processo de autoaceitação, de autoconhecimento, e de amor próprio, e se tem uma coisa que eu posso dizer, é que não é fácil, são lutas diárias que temos que enfrentar, a cada dia consigo enxergar evolução em mim, todos os dias eu me supero e a cada dia estou mais feliz por eu ser exatamente quem sou, por eu ter exatamente o que eu tenho. Aceitando os meus defeitos, as minhas gordurinhas a mais, manchas, estrias, e me esforçando para melhorar como pessoa. E nisso tudo também entra a gratidão, são exercícios diários que estão me ajudando muito, ser grata por tudo e por todos, entender que tudo tem um porque. Só agradece.

2 - Estou fazendo parte de uma oficina de teatro gratuita aqui na minha cidade, vocês não fazem ideia da minha felicidade por ter dado certo, já fazia um bom tempo que eu estava a procura de algum curso mais em conta ou gratuito. A primeira aula foi quarta feira passada e foi demais, a professora é incrível, eu já a admirava pelo seu trabalho, ela é uma artista maravilhosa. Os alunos são super divertidos, somos um grupo muito diversificado, um diferente do outro, cada um com seu jeitinho, mas todos conectados por um só motivo: Arte. Tenho certeza que será incrível. 

3 - Trabalhei fixo em uma empresa por 4 meses, e se eu não me engano fazem duas semanas que pedi demissão. Estava limitada em viver minha arte, em fazer tudo que amo. A rotina estava tirando de mim tudo que era bom, não vou mentir, foi uma decisão muito difícil, afinal era um trabalho estável ao fim do mês tinha um salario que dava pra pagar as contas e comer umas besteiras nos fins de semana. E troquei por algo totalmente incerto pela arte. Não sei até quando, não sei se realmente vou conseguir viver da arte, conseguir pagar minhas contas fazendo o que eu amo, mas eu espero que sim

4 - Conheci pessoas incríveis, o trabalho que citei acima me trouxe pessoas maravilhosas, que eu sempre vou guardar no meu coração. Fiz uma amiga lá que eu pretendo levar para a vida toda, sabe quando é de alma? Então, é exatamente disso que estou falando. E a vida me trouxe pessoas maravilhosas nesses últimos meses, algumas que estão presentes todos os dias, outras que entraram na minha vida e já se afastaram por algum motivo, seja a rotina ou as circunstancias, mas sobretudo pessoas que me ensinaram algo, que me fizeram bem e que eu sou muito grata a elas.
Os meus dias foram e tem sido intensos, cheios de gratidão. Com certeza resiliência é a palavra que descreve a minha vida, mas principalmente esses últimos meses. Aconteceram coisas boas, assim como aconteceram também coisas ruins, e acima de tudo tive muita fé, e fui otimista em todas as situações. Afinal, como eu costumo dizer sempre, tudo passa.

2 comentários

  1. Parabéns amiga, por ser quem você é,e por não desistir dos teus sonhos mesmo com as dificuldades. Estarei aqui sempre por você. Obrigada por ser quem é, e por não me responder no whats mais tudo bem ja estou acostumada kkk .. Te amo ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha quem tá aqui! Meu amoooor, você não sabe o quanto sou grata por ter você na minha vida, obrigada por tudo <3 Você sempre está do meu lado, sempre me faz acreditar nos meus sonhos, eu te amo <3

      Excluir

© Mundo de Fany . Design by Fearne.