Geração do desapego

10 de agosto de 2017

Definitivamente eu não me encaixo nessa geração. Geração do desapego, do desinteresse. A famosa geração do tinder e dos esqueminhas. Tal geração onde depois de um encontro nenhum dos dois ligam no dia seguinte, mas ambos esperam o outro ligar. Acho que eu sinto demais pra me encaixar nessa geração tão moderna e tão vazia, onde todo mundo finge não sentir nada, mas sentem até demais. Eu gosto mesmo é de trasbordar, e não me importar com o que os outros vão pensar, ligar no dia seguinte e dizer como os olhos dele são lindos e o quanto quero vê lo novamente. Eu gosto de dispensar o jantar formal e ficar abraçadinhos vendo as luzes da cidade do alto, eu gosto mesmo é de planejar o futuro mesmo sabendo o quão incerto ele é. Eu não sei porque essa nova geração tem tanto medo de se apaixonar, de se apegar, de se entregar, e de transbordar. Sendo que o que for pra ser, simplesmente será, independente de qualquer coisa. Porque não nos jogarmos e sentir toda a intensidade que é estar envolvido com alguém, sem medo de nada? Porque não nos abraçarmos e deixarmos o tempo parar por um momento. Não precisa ser "para sempre" precisa ser aqui, e agora.  Não tenha medo de sentir, tenha medo de não sentir.

2 comentários

  1. muitas verdade em poucas palavras, as pessoa hoje em dia fingem que não sentem nada mas estão vazios por dentro e isso é tão triste :(

    Blog Entre Ver e Viver

    ResponderExcluir

© Mundo de Fany . Design by Fearne.