Bom, se você é um geek que adora assistir séries interessantes, já te dou uma dica, vá até sua cozinha, prepare uma bacia de pipoca, separa alguma coisa pra beber, e pronto, você pode terminar de ler esta postagem. Séries inteligentes me atraem, elas me prendem de uma tal forma, colocam a minha cabecinha de vento que vive no mundo da lua, pra pensar um pouco, me fazem maratonar por horas, porque são extremamente viciantes, e me deixam louca quando acabam, acho que são drogas em forma de seriados. Bom, hoje estou indicando 5 séries nerds, geeks, inteligentes, para vocês assistirem e morrerem de amor comigo. Todas eu já vi pelo menos alguns episódios, e olha, são ótimas. Vale a pena assistir cada uma, principalmente a primeira, a quarta e a quinta, são demais, minhas preferidas desta lista. Espero que gostem, e se você já viu alguma dessas séries, me conta nos comentários o que você achou. Se não, me conta se vai assistir ou não, enfim só não deixe de falar comigo. Até nos comentários, beijinhos. E não se esqueça de escolher uma série e apertar play. 
Elementary é uma nova roupagem das aventuras de Sherlock Holmes. Após sair da reabilitação, em Londres, o excêntrico Sherlock foge para Manhattan. Entretanto, seu rico e poderoso pai o força a morar com um grande pesadelo: uma guardiã sóbria, a Doutora Joan Watson. Antes uma cirurgiã de sucesso, Watson perdeu um paciente e sua licença três anos antes. Portanto, ela vê no novo trabalho uma oportunidade de novamente ajudar as pessoas, ao mesmo tempo em que paga pelos próprios atos. Porém, Holmes a informa que seguirá seu próprio regime pós-reabilitação, retornando ao posto de consultor da polícia de Nova York. Ao acompanhar o genial detetive em seu trabalho, Watson percebe que possui o dom para a investigação criminal. Ao mesmo tempo, Sherlock descobre nos conhecimentos médicos da parceira uma grande ajuda na resolução dos casos. Agora, os dois investigam crimes juntos. Tem na netflix.
Mr Robot é um novo drama, descrito como um suspense tecnológico. Elliot, um jovem programador que trabalha como engenheiro de segurança cibernética durante o dia e como hacker justiceiro durante a noite. Quando o misterioso líder de um grupo hacker underground o recruta para destruir a firma que ele é pago para proteger, Elliot deve tomar a maior decisão de sua vida.
Community é uma série sobre um grupo de desajustados que estudam no Greendale Community College. O líder do grupo é Jeff Winger, um advogado bom de lábia que perdeu sua licença. Com a ajuda de seus colegas, Winger forma um grupo de estudos que, juntos, descobrem mais sobre si mesmos do que sobre os estudos. Participam de seu grupo Pierce, um homem cuja experiência de vida lhe trouxe uma grande sabedoria, Britta, que tem 28 anos e muito a provar para o mundo, Shirley, uma divorcida de meia-idade muito atrevida, Abed, um viciado em pop culture, Annie, uma perfeccionista, Troy, um antigo astro do futebol tentando encontrar um novo caminho, e Señor Chang, o professor de espanhol.
Em Touch, pós Martin perder sua esposa no ataque de 11 de setembro, ele precisa lidar com a situação e criar seu filho autista, de 10 anps, sozinho. Jake possui um dom especial. Enquanto o pai vê apenas uma série de números, Jake consegue enxergar um universo inteiro de conexões, de pessoas que podem e vão “tocar” a vida uma das outras. O garoto sabe, inclusive, sobre o que vai acontecer no futuro. Tem na netflix.
Scorpion, é uma série que acompanha a vida de um excêntrico gênio e sua rede internacional de contatos de super-gênios. Juntos, eles formam uma linha de defesa contra todas as ameaças do mundo moderno. Tem na netflix.

 Me acompanhe também:
Gente, trouxe uma entrevista super legal com uma blogueira linda a Bárbara Nassar, dona do Love is colorful. Ela é muito fashion, no blog dela podemos ver vários looks maravilhosos para se inspirar. A Bárbara é paulista, escorpiana, tem 24 anos, ama praia, sol, surf e viajar, falando em viajar ela já foi para lugares lindos, e ela sempre conta tudo no Love is colorful,  de alguma forma ela nos leva junto para a sua viagem. Não faz muito tempo que ela foi para o Chile e Rio de Janeiro. Qual é a finalidade da entrevista? Bom eu decidi pedir esta entrevista para a Bárbara pois já faz um tempinho que sou leitora do Love is colorful no qual eu admiro, gosto muito e me inspiro. A cada dia vejo o crescimento do blog, e é lindo de se ver como ela se entrega para o que faz, e como isso está rendendo bons frutos, ela é uma pessoa iluminada, humilde que não vê nenhum problema de dar dicas incríveis de como conseguir parcerias, como ganhar dinheiro com o blog, para que outras blogueiras consigam viver o que ela está vivendo. E nessa entrevista perguntei a ela sobre a blogosfera, sobre viagem, um pouco sobre ela, espero que goste tanto quanto eu gostei. 
  • Porque você decidiu criar o Love is Colorful? Sempre gostei de ter blog, meu primeiro foi com 14 anos. Mas acabei parando de blogar na época da faculdade. Estava super em tédio no meu trabalho, odiando o que eu fazia, e resolvi voltar com esse hobby, e aos poucos o Love is Colorful se tornou minha fonte de renda.
  • Quais os principais pontos positivos e negativos de ser blogueira? Pontos positivos são os eventos, conhecer as novas coleções antes de todo mundo e trabalhar de "onde quiser". O retorno demora um pouco (mas quando vem é maravilhoso), é preciso muita disciplina (minha vontade é ficar no netflix as vezes) e muitas pessoas ainda desvalorizam a profissão blogueira.
  • Qual sua melhor dica para blogueiras que estão querendo levar o blog como profissão? Leia muito, pesquise, estude. No início eu ficava pensando muito o porque meu blog não crescia, foi depois que vi que tinha muita coisa para melhorar. Existe o SEO, marketing digital, marketing de conteúdo, ter um bom mídia kit. Minha sugestão é ir em blogs de pessoas que vocês admiram e buscar dicas com ela. Seja através dos posts, ou conversas pelo facebook quando possível (muitas blogueiras recebem um trilhão de msgs, então pode ser um pouco difícil).
  • Qual foi a melhor viagem que você já fez? Faria de novo? Um pouco complicado, eu amo praia. Mas amei conhecer a Disney. Quero voltar a fazer para ir com o meu namorado.
  • O que você espera do seu blog? Estou me dedicando para ele crescer cada vez mais. Meu objetivo é viajar o mundo e escrever toda a minha experiência nele.
  • Você tem amigas na blogosfera? Tenho sim. A blogosfera me deu amizades verdadeiras com o tempo. E é muito bom, porque a gente se ajuda. É totalmente errado pensar que estamos "competindo", a gente tem é que se ajudar! Passar os contatos das assessorias, falar sobre algum evento que vai acontecer, e assim vai.
  • Você considera o blog como profissão? Sem dúvida alguma. No início do ano larguei o meu trabalho em uma multinacional para focar apenas nele.
  • Você como leitora, o que busca em um blog? Gosto de ler dicas. Seja para cabelo, viagem, como se vestir e assim vai.
  • O que mudou em sua vida depois do Love is colorful? Finalmente estou feliz. Nunca mais acordei pensando "droga, hoje é segunda feira". Isso foi a maior mudança na minha vida.
  • Quais blogueiras te inspiram? Me inspiro muito em blogs americanos. Mas das brasileiras gosto bastante da Lia, acho ela uma pessoa super humilde e simática com os leitores.
  • Você assiste séries? Se sim qual sua preferida? Essa pergunta é super fácil. Assisto, sou viciada em Game of Thrones!
  • Onde você busca inspiração? Busco muito em blogs americanos. Fico impressionada com os layouts de qualidades e posts também.
  • O que você acha de padrões? Não me importo com padrões. Tem pessoas que tem raiva e acabam não fazendo o que quer porque é o padrão. Eu faço o que gosto, mesmo ele sendo o padrão ou não.
  • Como foi sua adolescência? Minha auto estima era bem baixa, me importava muito com o que os outros pensavam de mim, sem contar que eu era super tímida. Passava horas na frente do computador, fazendo layouts novos para o meu blog da época. Só fui mudar quando entrei na faculdade. Além disso as aulas de teatro me ajudaram demais, aconselho a todas as pessoas.
  • Você já sofreu algum tipo de preconceito? Se sim, qual? E como reagiu? Meu cabelo era enrolado, e na época quem tinha cabelo liso, tinha "cabelo bom", os outros eram considerados "cabelo ruim". Isso me dava uma raiva, sempre fiquei calada porque era muito tímida, mas se fosse agora. Inclusive fui em um salão e a cabeleireira me convenceu de alisar, chorei demais.
  • Qual sua rede social preferida? Facebook, adoro as coisas que as pessoas postam.
  • Quais são as 3 pessoas que você mais admira em sua vida? E porquê? Gente, que complicado. Mas sem dúvida, minha tia, avó e minha mãe. Elas que me criaram, e é como se eu tivesse três mães <3. Mas também agradeço muito ao meu tio, que me criou como sua filha. 
Bom, espero que você tenha gostado. Não se esqueçam de conferir o blog da Bárbara, tenho certeza que irá gostar. E se você gostou dessa entrevista linda, por favor não deixe de me contar nos comentários, você já conhecia a Bárbara e o Love is colorful? Se não, o que você achou? Gostou da entrevista?! E bárbara, obrigada mais uma vez, você é demais! Muito sucesso aí. Beijos e até mais. 
Em Friends With Benefits, são cinco amigos, três homens e duas mulheres. Um é diferente do outro, Sara é medica, e é louca pra ter um relacionamento serio, mas seu melhor amigo Ben não, quer só balada, e ficar com várias mulheres sem ter compromisso sério com nenhuma, enquanto nenhum se envolve com ninguém, os dois ficam e não diz ao grupo. Riley é bartender sai com vários caras e sempre sem compromisso. nenhum. Aron é um nerd milionário,  que não quer mais ser geek e está louco pra ter sucesso com as mulheres. Julian adora jogar videogame e beber umas com os amigos, é amado pelas mulheres, e todos gostam dele. O grupo são super amigos, digamos os melhores. Todos de alguma forma procuram o amor, independente se for de uma noite ou pra vida inteira.
A série se passa sem Chicago, e foi feita em 2011, e foi cancelada choremos. Meus personagens favoritos são Ben e Sara, não tem como não gostar desses dois, são um casal perfeito, só não sabem disso. Ela é engraçada, desesperada, uma pessoa boa e legal, e ele também, menos desesperado, claro. Friends With Benefits, é muito engraçado,  me peguei rindo horrores varias vezes, juro que não entendo o fato de terem cancelado, muito bem feita, as vezes com umas piadas tão ruins que faz a gente morrer de rir. Como em outras séries, eles tem seu lugarzinho de sempre, um bar. O produtor da série, é o mesmo de Friends. Algumas pessoas insistem em dizer que tentaram "copiar" Friends, bom, eu não consigo ver desta forma, pra mim não é bem assim. A série é ótima para maratonar no fim de semana, comendo pipoca, indico fazerem isso. Tem no netflix, disponibilizaram a pouco tempo.

Me acompanhe também:

Você gosta de tatuagem? E ama sua profissão? Ou até mesmo aquela profissão que você deseja se formar? Então, porque não tatuar algo que se refere a ela? Nessa postagem você irá encontrar várias inspirações de tatuagens de cinco profissões diferentes. 






E ai, o que você achou das tatuagens? Gostou? Me conta, e se não gostou também. Beijos, e até mais. 
Bom, nada como sair bela e super confortável, não é mesmo? É a inspiração que trouxe hoje pra vocês, looks que são lindos que não deixam de ter aquele conforto que nós amamos. As fashionistas estão cada vez mais aderindo o estilo minimalista/normcore de se vestir, roupas que muitas mulheres pensam que são somente pra ficar em casa ou passar o domingo em casa com a família, podem sim serem usadas pra sair por aí, seja lá pra onde for. Mas deixando bem claro, que você deve usar o que quer, a sua moda, é você quem faz.
Geralmente as calças jeans e pretas são as peças principais dos looks. Você pode usar com moletom, blusões, blusas mais largas, blusas de golas altas, camisões. Calças jeans e pretas combinam com tudo, quanto na parte de cima como nos pés e acessórios. Ou seja, você pode brincar em seu look.
Blazer e camisas jeans, dão super certo com as calças citadas acima, e também com saias, você pode colocar abaixo delas uma blusa listrada ou com alguma cor neutra, fica lindo.
Sapatos que ficam incríveis são os tênis, coturnos, sapatilhas, sandálias avarca, botas cano baixo, na verdade vários tipos de sapatos dão certo no look, porém com cores neutras como branco, preto, cinza, marrom. E os acessórios seguem a mesma proposta, cores neutras.

Vestidos, kimonos e macacões também ficam super legais, em uma cor só. Pode ter cores mais vivas nos look? Pode ter estampas? Claro. Mas seguindo esse estilo mais minimalista, são usadas poucas cores e estampas, tudo mais neutro e harmônico. E aí, o que achou? Não se esqueça de me contar em? Até logo.
Olá meus amores, espero que estejam bem, não sei se vocês sabem, eu sou fotografa, e estou trabalhando com isso faz mais ou menos dois anos. Bom esses dias uma amiga estava aqui em casa, e então resolvemos fazer um ensaio rapidinho, foi feito dentro do condomínio onde moro mesmo, e usamos a janela e o estacionamento como locação, e nada de luz artificial, somente natural. Era um dia nublado, sem muito sol direto. As fotos não foram super posadas, queríamos pegar algo mais real, mais natural e espontâneo. Gostei bastante do resultado, e então quis vir mostrar pra vocês um pouquinho do meu trabalho, e também mostrar que qualquer local pode dar ótimas fotos, acredite, não é necessário uma locação perfeita, para suas fotos ficarem boas. Espero que gostem, e se inspirem. E não se esqueça de me contar o que você achou do ensaio, e se quer que eu traga dicas de fotografia. Beijos e até mais.
Meu trabalho: Página facebookSite.
Theodore é um homem comum e solitário, que é cheio de inseguranças, dúvidas pessoais e conflitos afetivos, ele tem dificuldades de se relacionar com outras pessoas. No entanto, sua vida passa a ganhar um novo rumo e sentido quando conhece Samantha, a voz de um sistema operacional, no desenrolar da historia Theodore e Samantha passam a se envolverem e o que no começo era uma amizade se transforma em amor.

Após um divorcio que Theodore recusa aceitar, ele se tornou um cara solitário, com questões pessoais. Ele trabalha em uma empresa bem diferente que escreve cartas para as pessoas enviarem para outras pessoas, e mora em um apartamento amplo e sozinho, sua distração é jogar um jogo 3d, e vive sonhando com sua esposa, e ainda a ama, por isso ainda não assinou os papeis do divorcio. No trabalho ele se aprofunda na escrita de suas cartas consegue ser muito delicado e sensível. Quando ele conhece Samantha, o sistema operacional, sua vida começa a mudar, e para melhor, eles passam a serem amigos até começarem a se gostar, até chegar a amor, de ambas as partes. Eles se divertem, viajam, saem com os amigos. Quanto ao relacionamento não ser comum, os dois agem normalmente a isso, e na parte sexual se entendem bem. Samantha é super desenvolvida e eficiente, ela organiza os emails de Theodore, avisa seus compromissos, e sempre está tentando levantar a autoestima dele. Quando Samantha se envolve com Theodore e passa a ama-lo, ela se vê tendo sentimentos e pensamentos cada vez mais perfeitos, isso a faz querer ser real. O filme se passa em Los Angeles, parece ser futurista e ele com uma edição maravilhosa e estilo vintage presente. O que a proposito me agrada bastante. Bom, na minha opinião o filme é muito interessante, mas você precisa assistir ele com atenção pois não é um filme fácil de se entender e compreender. O filme é diferente de tudo que já vi, quando você termina de assistir, você pensa em várias, e se faz perguntas. Eu gostei bastante do filme, ele foi muito bem escrito, pensado e produzido, a ideia do filme é genial, e muito bem construído. Gostei da confusão que o filme fez na minha cabeça, como eu disse parece ser no futuro, mas ele traz muitas referencias que nos faz pensar que se passa na década de 60 ou 70, ou seja, ninguém sabe onde passa, gosto de ficar pensando nessa questão de espaço e tempo. Não me esquecendo, preciso citar Joaquim Poenix o ator que interpretou Theodore, foi exatamente impecável, outra pessoa não faria tão bem quanto ele.

O filme traz a questão de sobre quando os computadores irão transmitir seus sentimentos e agir de forma passional a ponto de ser como a Samantha. E que cada dia que passa as pessoas estão trocando a relação pessoalmente pra ter e manter relações virtuais, sejam om jogos pessoas ou qualquer outra coisa virtual, podemos ver isso acontecer a todo momento, muitas vezes podem ser até mesmos nós. E aí, você já assistiu Her? Se sim, gostou? Se não, corre pra assistir, e vem me contar depois tá? Beijos e até mais. 
Ana Clara e Vitoria ou melhor Anavitória, são natural de Araguaiana-TO, ambos tem entre 20 e 21 anos, Elas já se conheciam há um tempo, mas só se tornaram realmente amigas a mais ou menos dois anos, e de lá pra cá essa amizade rendeu vários shows, músicas maravilhosas e o lançamento de um EP. Como elas mesmas falam, elas se equilibram, suas vozes se encaixam perfeitamente, e você consegue perceber e sentir isso em uma única música que escuta. Com quase 500mil seguidores totalizados em suas redes sociais, o duo conquistou os corações dos fãs, e claro, sou uma das pessoas que admira o duo, confesso que depois que ouvi a primeira música, coloco a playlist e deixo o dia todo. 

O Ep foi lançado agora no dia 19 de Agosto de 2016, o álbum leva o nome do duo e quatro canções maravilhosas, sendo elas, Chamego meu, Singular, Tententender, e Cores. E os produtores do álbum, não foi nada mais e nada menos do que Tiago Iorc em parceria com Jeff Pinas e Felipe Simas como produtor executivo. E como aconteceu tudo isso? Elas enviaram o cover que fizeram da musica do Tiago Iorc "Um dia após o outro" para o Felipe Simas, desejando que ele mostrasse ao Tiago, a leitura que fizeram da música. E mostrou, e como sabemos, eles só não gostaram como as chamaram para um projeto, o EP, que elas aceitaram, claro. 

O Duo irá realizar uma turnê de lançamento do primeiro disco, confira as datas e as cidades no instagram do duo. Espero que tenham gostado, e aí, você já conhecia Anavitória? Me conta tá bom? Beijos, e até mais. Página AnavitóriaCanal youtube AnavitóriaInstagram Anavitória.

Hoje trouxe para vocês uma receita muito simples e fácil de se fazer, tenho certeza que você vai gostar. Pra você fazer o macarrão alho e óleo você irá precisar de: 1 pacote de Bacon, 2 colheres cheias de óleo, 5 dentes de alhos, 500g macarrão espaguete, cheiro verde a gosto, e sal a gosto.
Corte o bacon e retire aquela parte mais grossinha onde fica perto da gordura. Depois, descasque o alho, e reserve. 
Coloque o macarrão para cozinhar com uma pitada de sal e um fio de óleo, deixe ferver até chegar no ponto de sua preferencia. 
Na panela que for usar para temperar o macarrão, coloque o óleo, o bacon com o alho espremido e frite os dois até dourar, mas não deixe queimar.
 Depois que achar que ele estiver no ponto que quer, escorre o macarrão e reserve ele na panela que cozinhou. 
 Depois de fritar o bacon e o alho no óleo, é hora de temperar o macarrão, coloque aos poucos o macarrão dentro da panela onde está o bacon, o alho e o óleo, e vá mexendo aos poucos, coloque sal e pronto. Para finalizar você pode colocar queijo ralado e cheiro verde em cima. Bom, espero que gostem, é bem simples e muito gostoso. Não se esqueça de me contar como ficou se fizer, e se você já fez, me conta também, beijos e até mais.
Livros não são meu passatempo preferido, confesso. Gosto mais de um bom filme, pipoca e suco de laranja. Mas, isso não significa que eu não goste, e nem que eu não fique morrendo de vontade de ler quando vejo algum livro a que parece ser incrível, mesmo que depois eu possa me arrepender depois. Bom, separei alguns livros que me deixaram louca de vontade de ler cada um deles, pelo motivo de parecerem ótimos, e também não posso deixar de comentar sobre a capa deles, são lindos, cuidaram muito bem dessa parte estética, dá vontade de usar na decoração de tão fofos. Espero que gostem, se você já leu algum desses livros ou quer ler, conta pra mim nos comentários.
Essa luz tão brilhante -  A mãe disse que ia viajar por uns dias e nunca mais voltou. Wren, sua irmãzinha, parece bem, mas já está tendo problemas na escola. Lucille tem só 17 anos, e todos os problemas do mundo. Se não conseguir arrumar um emprego para pagar as contas e fingir para os vizinhos que está tudo em ordem, pode perder a guarda da irmã. Sorte a dela ter Eden, uma amiga tão incrível que se dispõe a matar aulas para ajudá-la. Azar o dela se apaixonar perdidamente justo agora, e justo por Digby, o irmão gêmeo de Eden, que é lindo, ruivo... mas comprometido. “Essa luz tão brilhante” é a história de uma garota que descobre uma grande força dentro de si enquanto aprende que a vida e o amor podem ser imprevisíveis, assustadores e maravilhosos – tudo junto e misturado.
Sonata em Punk Rock - Por que alguém escolheria uma orquestra se pode ter uma banda de rock? Essa sempre foi a dúvida de Valentina Gontcharov. Entre o trabalho como gerente do mercado do bairro e as tarefas de casa, o sonho de viver de música estava, aos poucos, ficando em segundo plano. Até que, ao descobrir que tem ouvido absoluto e ser aceita na Academia Margareth Vilela, o conservatório de música mais famoso do país, a garota tem a chance de seguir uma nova vida na conhecida Cidade da Música, o lugar capaz de realizar todos os seus sonhos.No conservatório, Tim, como prefere ser chamada, terá que superar seus medos e inseguranças e provar a si mesma do que é capaz, mesmo que isso signifique dominar o tão assustador piano e abraçar de vez o seu lado de musicista clássica. Só que, para dificultar ainda mais as coisas, o arrogante e talentoso Kim cruza seu caminho de uma forma que é impossível ignorar. Em um universo completamente diferente do que estava acostumada, repleto de notas, arpejos, partituras, instrumentos e disciplina, Valentina irá mostrar ao certinho Kim que não é só ele que está precisando de um pouco de rock’n’roll, mas sim toda a Cidade da Música.
Só a gente sabe o que sente - Em seu terceiro livro, Frederico Elboni propõe ao leitor explorar seus sentimentos mais profundos, falando sobre temas que muitas pessoas não entenderiam. Saudade de pessoas que já se foram, amores perdidos, dilemas da vida adulta, todos esses temas viram crônicas nas mãos do jovem autor de 'Um sorriso ou dois' e 'Meu universo particular'.
No meio do caminho tinha um amor - 'Eu achava que o amor existia, mas não era pra mim. Você foi a prova que eu estive errado por muito tempo!' – Matheus Rocha. Às vezes, a gente insiste em viver um relacionamento que já chegou ao final faz tempo. Tentamos resistir, fazer de tudo para durar mais, lutando para trazer de volta os momentos mágicos do início. Mas, quando o amor acaba, no lugar do conforto e do carinho que existiam só restam feridas que vão doer por um bom tempo e deixar cicatrizes que não desaparecerão. Porque o amor nem sempre é para sempre. Com o fim vem a tristeza, a saudade, a mágoa, o desespero e a vontade de nunca mais sentir aquela dor. Aí fechamos as portas ao perigo de sermos machucados outra vez, mas também à chance de sermos amados de novo. Um belo dia, quando as lágrimas já secaram e nos esquecemos do desconforto, com muito cuidado abrimos uma fresta só para ver a vida lá fora. E, assim como um raio de sol que entra por qualquer brecha, de repente uma vontade de recomeçar nos invade e tudo volta a fazer sentido. E, sem nem saber como, no meio do caminho avistamos novamente o amor – e a certeza de um novo começo!
Felicidade Incurável - A “Felicidade Incurável” é aquela que nunca está reunida em um único lugar; é aquela que nem a tristeza consegue levar. A felicidade incurável contraria diagnósticos e medos, supera fobias e traumas e não se diminui perante o pessimismo dos outros. A felicidade incurável é aquela que não adoece. Com uma passionalidade reflexiva e racional, o autor, notável por sua prosa absolutamente passional e sincera, protege seu ímpeto sem perder a responsabilidade. Um atlas do que Carpinejar acredita ser um relacionamento, Felicidade Incurável trata de mudança de mentalidade amorosa e da família, diferentes fins de casamento, amizades em tempos eletrônicos, divertidas implicâncias de casal, debate sobre o que é alegria e liberdade e sugere: seja feliz por uma questão de justiça pessoal.
Para onde ela foi - Meu primeiro impulso não é agarrá-la nem beijá-la. Eu só quero tocar sua bochecha, ainda corada pela apresentação desta noite. Eu quero atravessar o espaço que nos separa, medido em passos – não em milhas, não em continentes, não em anos –, e acariciar seu rosto com um dedo calejado. Mas eu não posso tocá-la. Esse é um privilégio que me foi tirado. Com a mesma força dramática de Se Eu Ficar, agora pela voz de Adam, Para Onde Ela Foi expõe o desalento da perda, a promessa da esperança e a chama do amor que renasce.
Muito amor Este livro reúne textos que mostram o amor do ponto de vista de quatro jovens que escrevem sobre relacionamentos legítimos e atuais, que souberam se reinventar. 
Boa noite - Alina quer deixar seu passado para trás. Boa aluna, boa filha, boa menina. Não que tudo isso seja ruim, mas também não faz dela a mais popular da escola. Agora, na universidade, ela quer finalmente ser legal, pertencer, começar de novo.
Depois do fim - Como fica a minha vida depois de você? Como é que a gente faz para esquecer alguém? Os primeiros vestígios do fim, as despedidas, deixar alguém, ser deixado, o recomeço, a necessidade de se acostumar a viver sozinho de novo, os flashbacks, as ligações de madrugada, a falta que persiste, os novos encontros, os velhos encontros, a gente encontrando a gente, um mundo novo surgindo, a luz no fim do túnel. 
Fazendo meu filme - Um feriado prologado promete agitar a turma da Fani, com viagens e festas. Mas tudo muda quando ela recebe uma incumbência: tomar conta dos sobrinhos pequenos. Sem poder curtir os dias de folga como gostaria, só resta a ela sonhar que um dia sua vida tenha cenas tão emocionantes quanto a dos seus filmes preferidos.
Ilustre poesia - Antônio é um personagem de um romance que ainda está para ser escrito e que, entre um chope e outro, despeja frases e desenhos em guardanapos no bar que frequenta.
Masterchef Brasil As receitas de Elisa Fernandes - Elisa leva aquilo que desenvolveu na sua vida e ao longo da intensa experiência do programa para a cozinha de muitos leitores. Suas receitas são voltadas a todos aqueles que amam cozinhar, independente do seu nível de conhecimento. Dividido por níveis de dificuldade, o livro é um convite ao desenvolvimento do chef que existe dentro de você. A nova MasterChef mostrará todo seu potencial em inovar na cozinha ao misturar sabores e texturas, ingredientes e temperos, numa culinária jovem, fresca e saudável.

Foto: Chuyenblue
Faça tudo que sempre quis fazer, realiza seus sonhos de 10 anos atrás, faz uma viagem e faça com que ela seja inesquecível. Se apaixone e não endureça nunca. Seja quem você sempre quis ser, e se esforce pra ser melhor a cada, se inspire nas melhores pessoas que você conhece e admira. Seja feliz, mas não esfregue felicidade na cara de ninguém, abrace quem precisa, e não vire as costas pra quem não te abraçou quando precisou, ele não sabia o que estava fazendo. Seja melhor do que a pessoa que te fez mal. Seja suficiente pra você mesma, não tente agradar ninguém, porque você não vai conseguir. Aceite seus defeitos e tenha orgulho deles, eles são seus. Admire suas qualidades e reconheça as qualidades alheias, é bom saber que todo mundo tem algo de bom pra oferecer, tire o melhor de cada pessoa.
Cultive quem sempre está com você, dê valor a esta pessoa, e não espere nada em troca, nunca. Não julgue ninguém, acredite, você não gostaria de ser julgado. Quando você vê algo de errado, não fique calado. Se olhe no espelho e ame o que você vê, ame o que tem dentro de você. Ninguém te conhece melhor que você mesmo, então acredite em você, use de suas falhas como um pretexto pra melhorar a cada dia, tenha autoestima o suficiente e as pessoas vão ver e perceber o melhor que você tem a oferecer, e ofereceu.
Bom, não sei vocês, mas eu amo assistir filmes antigos que de alguma forma me trouxeram algo de bom, pode ser que seja um sentimento, ou uma lembrança de um momento bom, de alguém, ou até mesmo sentimento de quando você assistiu pela primeira vez na sessão da tarde comendo bolinho de chuva e sentindo o cheirinho de tijolo molhado que a chuvinha nos deixou. Nada como reviver e relembrar. Bom, no post de hoje eu listei 5 filmes que eu adoro e que são poços completamente nostálgicos para nós nos jogarmos. Eu espero que você goste. 
Jenna é uma pré adolescente que não está feliz com sua idade, pelo fato de que seus colegas mais populares da escola não lhe dão atenção, seus pais não sai do seu pé e o garoto que ela está apaixonada ignora sua existência. Seu único amigo é o Matt, que no caso são vizinhos. Em sua festa fracassada de 13 anos, Jenna faz um pedido: Se tornar adulta de repetente. Pra ter a vida que sempre sonhou, e seu pedido se torna realidade, e no dia seguinte Jenna desperta anos depois com 30 anos, sendo bem sucedida, com um apartamento incrível e um namorado. Jenna descobre que perdeu o contato com Matt, e vá em busca da amizade perdida. Minha opinião: É um filme diferente, ele consegue ser amorzinho, mas não é só isso, ele é engraçado, tem algo a mais sabe?! E dá vontade de ficar assistindo com a cara grudada na televisão. E gente, dá vontade de ver esse filme todo mês pelo menos! Eu me apeguei muito a ele, e me lembra vários momentos nos quais vale a pena voltar atrás em lembranças. 
De um lado Bianca é a irmã patricinha, que está desesperada para arrumar um namorado, do outro lado Katharina, a verdadeira megera marrenta, que não tem amigos nem na escola e nem em lugar nenhum. Após muita insistência de Bianca para ter a permissão de sair com garotos, o pai das meninas decide que Bianca pode namorar, desde que Katharina namore também. Para resolver a questão, Cameron apaixonado por Bianca decide contratar o misterioso Patrick para sair com sua futura cunhada. Minha opinião: Tenho toda certeza em afirmar que este filme é o meu preferido dos clássicos, não tem como não amar, os atores são demais não esquecendo de citar Julia Stiles, e Heath Legder (saudades), que foram impecáveis. E o filme traz uma questão que é muito legal e interessante no meu ponto de vista, de como as pessoas são diferentes e que nem sempre parece ser aquilo que é, a menina pode ser marrenta, mas isso não impossibilita dela ter um coração e se sensível nos momentos certos, consegue entender? É um filme super adolescente, que apesar de ser uma comedia romântica que tem tudo pra ser boba, não é, e traz referencias literatarias clássicas.  
Matilda cresceu em uma família extremamente ignorante e grosseiros. Seu pai é vendedor de carro, e sua mãe dona de casa. Os dois ignoram a filha, e até mesmo esquecem de matricular a menina na escola. Por isso Matilda prefere ficar na livraria ao invés de ficar em casa. Onde costuma estimular sua imaginação. Após momentos estranhos em casa, Matilda descobre seus poderes. Seu pai decide matricular ela na escola. Onde a diretora é ridiculamente ruim e chata, isso faz com que Matilda prefira permanecer sempre ao lado de sua professora, que ela acaba se apegando muito por ser uma pessoa boa.  Minha opinião: O que falar desse filme que pode passar várias e várias vezes e eu nunca vou deixar de assistir? Somente pelo fato de eu não me enjoar. Fala série Matilda é um clássico, não só da sessão da tarde como também dos canais fechados, eu duvido que alguém aí não tenha assistido nunquinha, e olha se você não assistiu corre e assiste porque é muito legal. Pelo menos pra mim não foi um filme que me trouxe horrores de aprendizados, mas eu consegui ver que todos somos especiais apesar do que as pessoas que convivemos falam sobre nós.
Asheley é uma socialite de Manhattan que também é a pessoa mais sortuda de Nova York, até que um dia, eu um baile de mascaras Jake que é a pessoa mais azarada da cidade, eles se beijam e misteriosamente o beijo faz com que esta sorte seja invertida. Minha opinião: Gente, somente saudades! Acabei de colocar na netflix pra rever mais uma vez. É um filme cheio de amorzinho, mas que consegue sair fora do padrão dos filmes que tem romance. Isso faz com que o filme seja mais interessante pra mim, ele sai da zona de conforto das comédias românticas, de ser apenas um casal aleatório  contando uma historia (não que isso seja sempre ruim). E claro, não posso esquecer de citar a Lidsay que arrasou demais nesse filme, claro, não somente nesse, em todos que ela atua, ela é uma das minhas atrizes preferidas, é de se admirar.
O filme se passa nos anos 90. London é punido por ter feito uma brincadeira de mal gosto em sua escola, e então ele tem que participar de uma peça teatral, é quando ele conhece Jamie uma jovem estudante de uma escola pobre. Com o tempo, London se apaixona por Jamie. Minha opinião: Apenas amo. Um dos melhores romances, retratado de forma leve e romântica, causa muita reflexão, e como sabem, amo isso em um filme. E adoro o clima entre os personagens.