Depois de presenciar o suicido de uma mulher que é exatamente igual a ela, Sarah assume a identidade da suicida para resolver seus problemas financeiros. Mas logo ela descobre que entrou em um problema maior ainda, e que está no centro de um mistério que vai mudar sua vida completamente ainda mais quando se vê cara a cara com mais três mulheres idênticas a ela. Todas elas são clones, e precisam salvar suas próprias peles enquanto tentam descobrir quem está por trás de todo o experimento genético.
Minha opinião sobre está série é somente que ela é incrível. É uma das melhores séries que assisti, tudo muito bem feito, quanto o roteiro, quanto a escolha dos personagens, a edição com cara de filme. É impecável. A historia toda se encaixa e faz com que você se envolva nela completamente, cada episódio vai te prender pra você assistir o próximo, eu quem o diga pois terminei a série em 4 dias. Cada clone é diferente uma da outra, tem a drogada que é mãe, a mãe treinadora viciada em remédios e bebidas alcoólicas, a cientista homossexual, a que foi treinada pra matar, a sem coração, e muitas outras. O mais incrível disso tudo é que a atriz que faz a Sarah, é a mesma que faz todas as outras clones, e você não se dá conta disso depois do primeiro episódio, ela faz a gente pensar que existem clones de verdade, sim, é louco.
A série não são somente as clones, claro. No decorrer dos episódios você vai conhecendo personagens maravilhosos, como o Felix que traz um pouco de diversão pra série. O Vic que é o ex namorado de Sarah, a Senhora S que tem um desenrolar muito bom na série, a Kira que é filha da Sarah, e que é uma garotinha maravilhosa. Enfim, são muitos. 
No desenrolar você irá entender muitas coisas sobre o Clube das Clones, e o porque de tudo isso. É muito difícil falar de uma série sem dar spoliers, então é por isso vou parar por aqui. Mas não deixem de assistir, vocês vão amar. E se você já assistiu me conta aqui o que você achou, até.