Mora dor na rua, você sabia? Fome, sede, frio. Entre outras coisas horríveis, como a violência, na qual pessoas que moram na rua, precisam enfrentar na maioria das vezes pra ter seu espaço, nas outras pra apenas sobreviver. Moradores de rua, são invisíveis aos olhos da maioria do mundo, as pessoas preferem fingir que eles não estão ali, do que perderem seu "precioso" tempo com quem realmente precisa. Não digo precisar só de alimento, ou abrigo, mas de amor também, de solidariedade, de um olhar amigo, um aperto de mão, um abraço, de pessoas que realmente se importa umas com as outras, que se colocam no lugar de quem tem menos, e de quem tem nada.Resultado de imagem para mora dor na ruaO amor costuma a salvar as pessoas. Mas esse é o problema, poucos realmente amam. Estudando um pouco mais sobre moradores de rua, encontrei a estimativa de moradores de rua no Brasil, há certo de 1,8 milhões em todo o Brasil, e isso foi atualizado em Março de 2012. Pensem agora, e 2015, quanto este numero aumentou. Agora, coloca se no lugar, e se fosse você? Sentindo fome, sede, frio, solidão. E se você não tivesse uma caminha quentinha pra se deitar ao anoitecer, algo pra se alimentar quando sentir fome, um casaco pra se vestir quando estiver frio, um abrigo, pessoas que te entendam e te estendam a mão, pois é, é horrível de pensar, não é? Imagina de sentir. Não podemos mudar a vida de inúmeras pessoas, tirar cada um da rua, e cuidar. Mas podemos levar um cobertor no frio, um alimento, uma palavra amiga, podemos estender a nossa mão, e dizer que eles não são invisíveis aos nossos olhos. Se coloque no lugar das pessoas sempre, assim, você poderá sentir nem que seja um pouquinho, o que aquela pessoa sente, e sentiu. Gentileza, gera gentileza. Seja gentil.