Conselhos pessoais que você precisa levar para a sua vida


Não há problema em ser diferente, só em querer ser exatamente igual a alguém, confesso que acho isso um porre, e que morro de dó de pessoas assim, sei que as vezes não é culpa delas, e sim dessa sociedade tão chata que quer padronizar tudo. Mas conselho de amiga, não queira ser igual a ninguém, isso não faz sentido nenhum, seja você mesma, encontre seu estilo, sua essência, seus gostos, suas manias, suas qualidades e seus defeitos e assuma quem você é, para você mesma e para o mundo, encontre a melhor versão de você mesma. Você não é perfeita, não mesmo, e quer saber de uma coisa? Ninguém é, e que bom, pensa que chato seria uma pessoa perfeita segundo os padrões impostos, seria chata, sem graça, ninguém teria aquele cabelo bagunçado nem aquele sorriso com os dentinhos meio separadinhos que é uma gracinha, um charme. Seu defeito não precisa ser necessariamente um defeito para alguém, alguém nesse mundão a fora vai gostar de você do jeito que você, e dessa forma seus defeitos para ela, irão se tornar qualidades. E que belas qualidades.

5 Séries com famílias para amar

Bom se você me conhece, com certeza você sabe que eu sou uma viciada em séries com orgulho desculpa mãe, e por isso, por eu assistir no minimo duas séries inteiras por semana, sempre trago para vocês dicas de séries bem maneiras que sempre são maravilhosas! Porque meu amor concorda comigo que o que é bom, tem que ser compartilhado e indicado mesmo, né? E hoje eu não farei diferente, hoje trouxe cinco séries com famílias para você assistir e amar junto comigo! Todas eu já assisti, e indico cada uma, todas tem na netflix das nossas vidas, por enquanto porque a netflix é imprevisível. Tomara que goste, beijos no coração.
Resultado de imagem para black ish série
Black-ish - Andre 'Dre' Johnson está prestes a ser promovido a Vice Presidente. Ele e sua esposa, a médica Rainbow estão vivendo o Sonho Americano: ótimas carreiras, quatro lindos filhos, uma casa colonial em um bairro de classe média. Porém, Dre começa a ver sua vida perfeita de forma diferente quando descobre que está sendo promovido novamente e, na mesma semana, seu filho anuncia que quer ter um Bar Mitzvah. De repente, uma luz acende para Dre: Será que o sucesso subiu à cabeça e sua família está se distanciando da própria identidade?

Reclamação não paga conta

É, eu sei que reclamar de problemas é muito natural, eu reclamo, você, sua mãe, seus amigos, todo mundo, sem exceção, duvido que tenha algum santo que não reclame em meio a um problema que tira seu sono e te dá uma dor de cabeça que nem aspirina resolve. Eu juro que tento só agradecer, levantar a cabeça, não sofrer, esquecer. Mas pelo menos comigo, é o que costumo a falar para meus amigos, na teoria eu sei de tudo que preciso para ser mais feliz, ter uma vida melhor, emagrecer, enfim, tudo que seja bom, na teoria é mamão com açúcar, agora na prática, é muito difícil de eu conseguir realmente, talvez porque na teoria parece ser bem mais prático e fácil, ou porque na prática nossa cabeça nos faz pensar que não conseguirmos, talvez seja por isso que pareça difícil, pensar tão negativo sempre, pensar que um momento ruim nunca vai acabar.

Desculpe o transtorno! Preciso falar sobre o amor.

Não há como deixar passar esse sentimento no qual a geração atual trata como problema. Com isso, influenciando outras pessoas e as demais conhecidas a torna-lo um"risco de sofrimento". Para piorar, perdem oportunidades de conhecer, possivelmente, a mulher da sua vida que pode ser aquela com cabelo desarrumado e ouvindo música às 7 horas da manhã na sala de aula ou esbarrou em você na parada de ônibus mais próxima de casa. Como prova disso, acredito ter perdido a minha chance. 


A vida tem altos e baixos


Me amar nunca foi uma coisa fácil para mim, desde sempre tive minhas gordurinhas a mais, sempre tentei dietas loucas, ou até mesmo comer menos, mas eu não conseguia, a verdade era que eu comia por pura ansiedade e compulsão, eu jogava todos os meus medos, inseguranças e tristezas na comida, fui engordando cada vez mais e gostando de mim cada vez menos, eu me olhava no espelho e queria sumir, as pessoas não entendiam o porque de tanta falta de amor, diziam que eu tinha o rosto bonito, que eu precisava focar nisso, outros sentiam prazer em me humilhar, falavam coisas horríveis, é uma pena, mas eu me importava demais com o que eles pensavam, e eles pensar coisas ruins sobre mim, piorava tudo. Eu só comia mais por me sentir tão mal, e não conseguia emagrecer de jeito nenhum.


Tema Base por Butlariz